9.22.2017

Pudim de pão doce com chocolate e manteiga de amendoim [e um agradecimento]

Há dias escrevi na página de Facebook um desabafo sobre a continuidade do blogue que provocou algumas reações e originou mensagens privadas e comentários. Nunca deixo de me surpreender com o carinho de quem segue o blogue e achei que devia deixar um esclarecimento e agradecimento:

Olhando em retrospetiva, dou-me conta de que criei o Blogue numa fase da minha vida em que precisava de ter um projeto só meu, que refletisse esta paixão pela cozinha. Entre dois trabalhos, uma família, uma casa... chega-se a um momento em que pensamos o quanto, do nosso tempo, "gastamos" em algo só para nós? Apesar de ter uma vida muito preenchida, a verdade é que este espaço nunca foi sentido como mais uma tarefa, mas antes, como uma atividade prazerosa. 
E sim, houve (e há) dias em que a falta de tempo e o cansaço me fazem questionar se faz sentido manter o blogue com todo o trabalho que ele acarreta. No entanto, pode não ser com a mesma intensidade de outros tempos (como se tem verificado) mas enquanto o que disse acima for verdade, continuarei a publicar algumas receitas que por aqui se vão fazendo. Porque continuo a encontrar-me nestas páginas virtuais e porque continua a ser um prazer partilhar! E também porque o vosso retorno supera todas as expetativas. Muito, muito obrigada! 

Esta semana não vos deixo para o fim de semana o bolinho habitual, mas antes, um guloso pudim de pão doce com chocolate e manteiga de amendoim.



Ingredientes
8 fatias de pão doce tipo brioche (usei pão doce de azeite)
4 ovos
1 chávena de leite
1/4 de chávena de açúcar amarelo
1 collher de sopa de azeite
8 colheres de chá de manteiga de amendoim
80g de chocolate 70% cacau

Confeção
Pré-aqueça o forno a 180º.
Parta as fatias de pão em pedaços e coloque-as num tabuleiro ou frigideira que possa ir ao forno, intercalando com o chocolate partido em pedaços e as colheres de manteiga de amendoim. 
Numa taça, deite os ovos, o leite, o azeite e o açúcar e bata bem. Deite este creme por cima do pão e deixe-o absorver por uns 10 min. Coloque então no forno por cerca de 15 a 20 min. 


Bom apetite!

Tempo de preparação: 30 minutos; DificuldadeFácil; VegetarianoNão; Para crianças: Sim; Ingrediente principal: Pão doceN.º de porções: 4Pratopequenos-almoços

5 comentários:

  1. Antes de mais deixa-me dizer-te que este pudim está com um aspeto de comer e chorar por mais!
    Quanto ao blog, sou da tua opinião. Deve ser algo que fazemos por gosto e não por obrigação. Comigo passa-se o mesmo. Faço por gosto. E quando por algum motivo começo a sentir que está a tornar-se uma obrigação, acabo por me afastar durante algum tempo até que a vontade ou o tempo que façam querer voltar. Não gosto de publicar só porque sim. No dia em que isso acontecer também não me fará sentido continuar. Mas espero sinceramente que isso desse lado não aconteça. Adoro o teu blog, tenho-o como referência, é um dos quais eu recorro quando preciso de algo autêntico porque sei que é isso que encontro aqui, autenticidade. Sigo há bastante tempo, não sei precisar quanto, praticamente desde o início. E não escondo que está no top dos meus favoritos. Muita gente pensa que isto dos blogs de receitas é tudo cor-de-rosa, que é para quem tem tempo ou para quem não tem nada que fazer. Esquecem-se que quem está por detrás de um blog tem vida, tem trabalho, tem família, tem problemas também. Acho que muitos não imaginam sequer que muitas de nós têm na realidade uma vida bastante preenchida e não calculam o esforço que fazemos para manter um blog atualizado. Ainda por cima não é só chegar ali e escrever a receita. Há toda uma panóplia de coisas que é necessário fazer para que haja uma publicação, desde cozinhar, "montar cenário", fotografar, escolher e editar fotos, e finalmente escrever a receita. É muito trabalhoso e quem consegue fazer isto com frequência só pode estar de parabéns. Um grande beijinho e acredita que o esforço que fazes para o manter é certamente tido em consideração por quem te acompanha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito, muito obrigada! É mesmo isso que descreves. Mas continua a ter um saldo bem positivo e muito por conta destas mensagens que recebo... Um beijinho

      Eliminar
  2. Esse pudim está tentador demais. Eu adoro esses sabores juntos e acho que se começasse a comê-lo não iria conseguir parar. Só fazes coisas boas, pah!
    Acho que é normal um blogger, a certa altura da vida, se questionar se valerá a pena ou não investir tanto tempo pessoal num projecto que, como dizes, é nosso e foi criado (nem todos, bem sei) a pensar em nós e no prazer que nos proporciona a partilha de receitas. Eu próprio já passei por isso. Ou porque não tenho tempo, ou porque o cansaço é tanto que nem me lembro que o blog existe, ou porque a inspiração é coisa que não abunda ou porque simplesmente não recebemos o retorno da partilha que fazemos. Mas caramba, o blog já me trouxe tantas coisas boas, levou-me a tantas pessoas lindas (tu és uma delas e hoje, felizmente és uma amiga e está no meu coração) que olhando para trás só encontro bons motivos para continuar. Ao meu ritmo e sem pressões, é certo. Mas o blog permanecerá, pelo menos enquanto me der prazer.
    Por isso espero que também tu continues durante muito tempo por aqui com o teu Ponto de Rebuçado que eu tanto gosto e de onde já experimentei tantas receitas. Sabes que eu e a miúda cá de casa adoramos as tuas receitas.
    Um grande beijinho e estou sempre aqui para visitar o teu cantinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh sweetie, eu sei... falamos tantas vezes disto, não é? Acho que está longe o dia em que o Rebuçado vai passar do Ponto! Como dizes, continua a ser uma fonte de coisas boas. Beijo enorme para ti e para a miúda aí de casa!

      Eliminar
  3. Mas que belo pudim tem um aspecto delicioso, tenho de experimentar um dia já tenho visto muitas receitas de pudins de pão mas ainda não experimentei fazer.
    Um abraço
    Ana

    ResponderEliminar



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...